Governo dos EUA lança no espaço carga secreta usando foguete SpaceX

0
87

Um foguete da SpaceX decolou nesta segunda-feira rumo ao espaço com uma carga secreta do governo dos Estados Unidos, conhecida como NROL-76, o primeiro lançamento militar desta empresa privada americana.

A carga do National Reconnaissance Office, que produz e opera satélites de espionagem para os Estados Unidos, partiu a bordo do foguete Falcon 9 às 7H15 local (08H15 de Brasília), informou a companhia.

Aproximadamente 10 minutos depois do lançamento, a parte principal do foguete, que inclui os propulsores, retornou à Terra e aterrissou na base de Cabo Cañaveral.

“A primeira fase do foguete tocou a superfície na Zona de Aterrissagem 1. Outro excelente dia para a SpaceX, foi algo bonito de se ver”, expressou o narrador na transmissão ao vivo de toda a operação.

O lançamento transcorreu sem inconvenientes. O foguete traçou um enorme arco e aproximadamente dois minutos e meio depois a primeira fase se desprendeu do segmento que transporta a carga secreta.

A Zona de Aterrissagem 1 é uma enorme zona circular de concreto, de 91 metros de diâmetro. A SpaceX já realizou várias experiências bem-sucedidas com lançamento de foguetes que retornam à Terra depois de lançar sua carga em órbita.

Carga secreta

O lançamento estava previsto inicialmente para domingo, mas foi adiado no último minuto devido a um problema nos sensores do foguete, indicou a SpaceX.

Pouco se sabe sobre a carga. “Como um assunto de política e devido a sua classificação, o NRO não fornece informações sobre nossos contratos”, disse uma porta-voz da SpaceX à AFP.

Só foi possível saber que a carga é um “satélite”, sem mais detalhes.

Até agora, os Estados Unidos gastaram bilhões de dólares por ano na United Launch Alliance (ULA), uma operação conjunta com os construtores de aeronaves Boeing e Lockheed Martin para lançar os satélites do governo.

Em 2014, a SpaceX criticou o fato de a Força Aérea dos Estados Unidos empregar apenas a ULA, argumentando que destinava bilhões de dólares a apenas uma companhia para lançamentos relacionados à segurança nacional.

A SpaceX foi contratada para enviar o NROL-76 “depois de uma concorrência”, disse a porta-voz da NRO, ressaltando não saber quando o contrato foi concedido.

A companhia faz lançamentos regulares de naves não tripuladas rumo à Estação Espacial Internacional (ISS) e desenvolve uma cápsula que poderá levar pessoas à órbita no próximo ano.

No entanto, o lançamento de uma carga militar secreta representa uma nova fase em contratos entre empresas privadas e o Pentágono. A SpaceX também tem contratos já fechados com a Força Aérea americana para lançamento e colocação de satélites de GPS na órbita terrestre.

Por: Bernardo Zeymer Soares

compartilhe:
  • Twitter
  • Facebook

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA