Brasileiro é indiciado em fraude milionária nos EUA

0
14

Por Bernardo Zeymer Soares – Os dois principais diretores de uma empresa do sul da Flórida que levaram milhões em dinheiro de investidores foram indiciados pelo envolvimento no comando de um esquema de “factoring brasileiro”. O valor fraudado seria de US $ 150 milhões, de acordo com procuradores federais.

Através de uma acusação federal foram indiciados o brasileiro Antônio Carlos de Godoy Buzaneli, 56 anos, que mora em Coral Gables, e o panamenho José Manuel Ordoñez Jr., 46 anos, de Davie, em um esquema de fraude de investimento de US $ 150 milhões.

Julio Enrique Rivera, 61, da Pembroke Pines, se declarou culpado em 9 de novembro e foi condenado. Buzaneli e Ordoñez foram detidos no dia 17 de novembro e fizeram suas aparições iniciais no Tribunal Distrital dos Estados Unidos em Miami.
“Factoring” é uma transação financeira na qual as contas a receber são compradas com desconto.

De acordo com a acusação e os documentos judiciais, Buzaneli, Ordoñez e Rivera eram os diretores da Providence Holdings International, uma empresa com sede em Key Biscayne. Em 2009 e 2010, os três formaram o Providence Financial Investments Inc. e o Providence Fixed Income Fund LLC para arrecadar dinheiro dos investidores.

Até junho de 2016, a Providence arrecadou cerca de US $ 150 milhões de investidores em todo o mundo. Nos Estados Unidos, fraude postal é considerada um crime federal desde 1872 e envolve qualquer esquema fraudulento com a intenção de privatizar outra propriedade ou serviços honestos via papeis, nos casos, cheques.

À medida que o esquema estava se desenrolando, a Providence abriu escritórios em todo o mundo, inclusive em Londres, Hong Kong, Taipei, Xangai, Cingapura, Vancouver e Panamá. Quando um juiz do Royal Court of Guernsey, um centro financeiro nas Ilhas Anglo-Normandas, foi informado de que os investidores provavelmente nunca veriam os $ 48,4 milhões (37 milhões de libras) que haviam investido, ele chamou as descobertas de “uma nova pilha de guano “.

compartilhe:
  • Twitter
  • Facebook

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA