Doença causada por carrapatos de capivara mata jovem em BH

0
276

A morte de um jovem no início do mês de fevereiro, vítima de febre maculosa, trouxe preocupação aos moradores e frequentadores da região da Pampulha, em Belo Horizonte. Um laudo da Fundação Ezequiel Dias (Funed) confirmou que o estudante de engenharia Samir Assi, de 20 anos, foi vítima da doença. A enfermidade é transmitida pelo carrapato-estrela, encontrado em animais como as capivaras, que estão em grande número na orla da lagoa da Pampulha.

A família do rapaz afirma que ele apresentou os primeiros sintomas da doença após um passeio de bicicleta pela orla da lagoa da Pampulha, onde há centenas de capivaras. A possibilidade de Assi ter sido contaminado na região da Pampulha está sendo investigada.

O estudante morreu no dia 8 de fevereiro, no hospital Lifecenter. De acordo com a Funed, a amostra suspeita do paciente foi recebida no dia anterior. Além do exame para detectar a bactéria causadora da febre maculosa, único que deu positivo, foram realizados testes para verificar a possibilidade de o rapaz ter sido contaminado por dengue, rotavírus, leptospirose, hepatite A e febre amarela.

O primeiro resultado, segundo a Funed, foi liberado no dia 11 de fevereiro. Uma análise complementar dessa amostra, pelo método de biologia molecular, garantindo total confiabilidade dos resultados, foi entregue na mesma semana, no dia 14.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), por meio de sua assessoria, informou que ainda não foi oficialmente notificada sobre o caso.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), o caso de Samir Assi está sendo investigado. A gerência de epidemiologia e a gerência de controle de zoonoses da Regional Pampulha estiveram na casa do jovem nessa terça-feira (18) para obter informações sobre a rotina do rapaz. A secretaria informou, ainda, que foram registrados dois casos de febre maculosa em Belo Horizonte nos últimos quatro anos, um em 2010 e outro em 2013. Ao menos uma pessoa morreu.

Ainda segundo o órgão, após realização de plano de manejo, as capivaras serão retiradas da orla e terão destinação condizente com o seu habitat natural.

Segundo a SMSA, a Fundação Zoo-botânica e a Regional Pampulha da Prefeitura de Belo Horizonte têm realizado análises constantes dos carrapatos-estrela, por meio da Fundação Fiocruz, e os testes não apontaram qualquer contaminação.

Causas e sintomas

A febre maculosa é causada pela bactéria Rickettsia rickettsii, transmitida pelo carrapato-estrela. De acordo com o Guia de Vigilância Epidemológica, do Ministério da Saúde, os principais sintomas da doença são febre alta, dores de cabeça e musculares. Se o tratamento não for iniciado imediatamente, 80% dos casos podem levar à morte.

compartilhe:
  • Twitter
  • Facebook

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA